O que é a Psicoterapia Psicanalítica?
2016-07-27
Prof. Dr. Luís Delgado

A Psicoterapia Psicanalítica pode ser entendida como um tratamento especializado mediante o qual uma pessoa treinada, utilizando métodos psicológicos, trata de perturbações do foro mental.


A Psicoterapia Psicanalítica exige uma formação e um treino longos que vão muito para além de uma licenciatura (em Medicina ou em Psicologia Clínica) e de uma formação num Instituto especializado. Trata-se de uma formação longa, intensa, teórica/prática, muito personalizada, necessária a quem deseja trabalhar na relação com um outro de forma madura, responsável, ética e eficaz.

Trata-se de uma técnica especializada de tratamento de perturbações psico-emocionais, de uma forma de ajuda profissional visando não apenas tratar o sintoma em si, isto é, a queixa do paciente, mas resolver ou minimizar a causa geradora do problema.

Na Psicoterapia Psicanalítica pretende-se construir uma relação de confiança recíproca. Para isso o psicoterapeuta assume uma postura de acolhimento, de não julgamento e de total aceitação daquilo que o paciente expõe. O psicoterapeuta ajuda o paciente a falar de si e sobretudo a aprender a escutar-se. A possibilidade de se expressar livremente nesta relação e com o auxílio das intervenções ponderadas e profundas do psicoterapeuta, permite ao paciente enfrentar duma forma mais adequada as questões que o fazem sofrer, as quais se mantiveram escondidas, incapazes de serem pensadas a sós. O objectivo fundamental será a obtenção de insights (compreensões internas) através das quais poderá construir uma visão nova sobre várias dimensões de si mesmo (aspectos da sua história pessoal, do seu presente e perspectivas futuras). Deste modo os sintomas tenderão a perder a sua força e o paciente passa a compreender-se melhor e a ser mais “dono de si próprio”, proporcionando um maior desenvolvimento da sua personalidade, um sentimento de maior segurança e solidez pessoais, facilitando a tomada de decisões mais realistas e adequadas.

A Psicoterapia Psicanalítica não oferece fórmulas prontas. Ajudando o paciente a olhar para si próprio e a pensar-se, ele próprio encontrará os melhores caminhos para a sua vida. O profissional está ali para o auxiliar nesse processo de crescimento mental.

Para procurar a Psicoterapia Psicanalítica é necessário ter, à partida, um interesse sobre si mesmo muito para lá das explicações superficiais oferecidas pelo senso comum. Por isso o psicoterapeuta não é um amigo que o irá aconselhar. É um profissional com formação adequada para ajudar quem sofre a desenvolver a capacidade de pensar sobre si próprio e sobre as relações com os outros e fazer escolhas adequadas.

 

Prof. Doutor Luís Delgado

 

 

< ver lista de artigos

Partilhar no Facebook

prof_luis_delgado