Asas de Cartão com Penas de Pato
Padrões Culturais Editora - António Sampaio

 

Este pequeno conto tenta perpetuar memórias de um Portugal rural que se perdeu. Conta as tragédias e as comédias de um quotidiano em que as pessoas existiam de forma mais autêntica e onde a comunicação se fazia sem recurso à tecnologia. Num nordeste transmontano isolado os acontecimentos eram vividos como de um pequeno país se tratasse. A hierarquia social e religiosa existia mas o que contava era a personalidade mais forte da sua gente. Neste lugar, era a mulher a única conhecedora das verdades, dos homens e dos santos. Com uma sabedoria impar, a mulher reinou nestas terras durante séculos. Esta é a história de uma verdadeira matriarca e dos seus anjos com asas de cartão.

Para adquirir este livro, consulte-nos ou visite o site www.adeb.pt















 

 

 

< ver lista de publicações